por

As cinco dimensões da curiosidade aplicadas no Design de Experiência

Rian Dutra falando sobre Psicologia aplicada ao UX Design

“No vídeo anterior eu falei do poder da curiosidade, mas na prática, como descobrir o quanto o usuário é curioso ou o que o faz ter curiosidade?

Vamos falar das cinco dimensões da curiosidade.

A primeira é a Exploração Prazerosa: em geral, temos o desejo de buscar novos conhecimentos.

A segunda dimensão é Privação da Sensibilidade: quando tem algo que não sabemos, corremos atrás pra descobrir, e isso gera um alívio, porque você é futriqueira e quer saber das coisas.

Outra é Tolerância ao estresse: é quando conseguimos controlar nossa ansiedade por estar curioso. Mas tem gente aí que não se aguenta de tanta curiosidade.

A quarta é a Curiosidade Social: é a nossa instintiva vontade de bisbilhotar a conversa dos outros. O ser humano é bisbilhoteiro e fofoqueiro, olha o que a gente tá aprendendo aqui!

A quinta dimensão é a Busca por Emoções: quem tem essa capacidade, curte uma aventura para descobrir o que não sabe.

Gere curiosidade no seu usuário, e terá resultados.”

Assista a mais vídeos sobre Psicologia aplicada ao UX Design e vieses cognitivos no canal Design From Human.

Referências:

  • What Are the Five Dimensions of Curiosity?
  • Kashdan, Todd B., et al. “The five-dimensional curiosity scale: Capturing the bandwidth of curiosity and identifying four unique subgroups of curious people.” Journal of Research in Personality 73 (2018): 130-149.

🇺🇸 English version

“In the previous video I talked about the power of curiosity, but in practice, how to find out how curious the user is or what makes them curious?

Let’s talk about the five dimensions of curiosity.

The first is Joyous Exploration: in general, we have a desire to seek new knowledge.

The second dimension is Deprivation Sensitivity: when there’s something we don’t know, we run around to find out, and that relieves us, because you’re sneaky and want to know about others.

Another is Stress Tolerance: this is when we manage to control our anxiety by being curious. But there are people out there who can’t stand so much curiosity.

The fourth is Social Curiosity: it is our instinctive urge to eavesdrop on the conversations of others. The human being is quite a gossiper, listen to what we’re learning today!

The fifth dimension is the Thrill Seeking: those who have this ability enjoy an adventure to discover what they don’t know.

Generate curiosity in your user, and you will get results.”

Watch more videos on Psychology applied to UX Design and cognitive biases on the Design From Human channel.